A produção e processamento de alimentos gera altos níveis de resíduos e subprodutos, causando impactos negativos como a emissão de gases de efeito estufa, ocupação de aterros, custos de tratamento e falta de segurança alimentar global. O esgotamento dos recursos renováveis, a redução nas terras de cultivo, o crescimento contínuo da população mundial e o acúmulo de resíduos são fatores que justificam a utilização dos resíduos e subprodutos no mercado cosmético.
A agroindústria é a principal fonte de subprodutos naturais. Com a popularidade crescente de sucos, nectars e smoothies, os subprodutos gerados a partir de frutas como cascas, farelos, sementes e caroços apresentam um alto interesse nos seus conteúdos funcionais que podem ser de maior valor do que o produto final.