Smart science to improve lives™
  • Contato
Personal Care

Veja bem de perto: os tipos de danos que os cabelos podem sofrer e como combatê-los para manter os fios saudáveis

Independentemente da textura ou cor, todos desejam cabelos saudáveis quando se trata de beleza. Após o lockdown e o fechamento de salões, os consumidores continuam priorizando os tratamentos de condicionamento para manter o cabelo em ótimas condições. Portanto, não é surpresa que a categoria global de condicionadores e tratamentos capilares esteja em alta, com um crescimento de 7,5% em 2021[1] e um valor de mercado esperado de US$ 886,4 milhões até 2026[2]. Assistimos também à ascensão dos “hairtellectuals”, um grupo de consumidores que exibe uma curiosidade natural sobre a ciência do cabelo e está continuamente aprendendo sobre a importância de manter a condição das suas madeixas[3]. Seja adotando nossos estilos de cabelo naturais ou cuidando de cabelos superprocessados, o objetivo final é manter nosso cabelo com aparência e sensação fabulosas.
mulher analisando as pontas dos cabelos

O condicionamento é essencial para manter nosso cabelo em uma condição saudável. Isso é alcançado graças a produtos que contêm ingredientes que proporcionam lubrificação entre as fibras capilares, tanto no estado úmido como no seco, permitindo a proteção do cabelo contra os danos causados pelas práticas de higiene diárias, entre outros fatores prejudiciais. Isso pode atrapalhar a morfologia natural do cabelo e pode levar a sinais visuais e táteis que nos informam que nosso cabelo não está em boas condições. Mas isso pode ser complexo, pois existem diferentes formas de danos que podem ser infligidos, e é importante entender como cada um deles pode impactar a estrutura do cabelo para permitir a criação dos produtos mais benéficos.

Então, vejamos alguns exemplos:

Dano mecânico

Os danos mecânicos incluem práticas diárias de higiene, como lavar, escovar ou pentear o cabelo e concentram-se principalmente na cutícula, pois este é o primeiro ponto de contato da fibra capilar. Isso pode resultar em atrito entre as fibras capilares e deteriorar a condição da cutícula capilar:

- Quando o cabelo está embaraçado ou não está devidamente condicionado, pode ocorrer abrasão da cutícula. É aqui que os lipídios protetores da superfície do cabelo são perdidos, o que, por sua vez, faz com que mais atrito entre as fibras e a condição do cabelo se deteriorem ainda mais [Imagem 1].
- O levantamento de cutículas também pode ocorrer quando o cabelo é esticado e puxado durante o penteado. Quando o cabelo não está devidamente condicionado, é necessária muita força para pentear o cabelo, o que causa a fratura das ligações das cutículas e leva ao levantamento da cutícula, também conhecido como decimentação [Imagem 2].

- A formação da banda de quebra da cutícula descreve o precursor de uma ponta dupla e é causada pelo emaranhamento e torção do cabelo fraco enquanto o escovamos ou penteamos. Quando o cabelo enfraquecido fica emaranhado, isso pode resultar em fraturas e, eventualmente, levar a pontas duplas [Imagem 3].

- O puxão repetitivo e o alongamento do cabelo durante a escovação também podem enfraquecer as fibras e resultar em quebra de fibras [Imagem 4].

Danos à cutícula resultam em cabelos difíceis com aparência áspera, opaca e mais propensos a mais danos e quebras.
 imágenes de microscopio de daño mecánico del cabello

Danos térmicos

O calor da modelagem térmica, como ondulação, alisamento e secagem, também pode causar danos ao cabelo. As ferramentas de modelagem variam em temperaturas, de 60 – 80°C a 220°C, então não é surpresa que modelar o cabelo com aparelhos aquecidos possa causar sérios danos.

Os secadores de cabelo operam em temperaturas mais baixas, removendo efetivamente a maior parte da água do cabelo molhado, e essa ação repetida pode causar baixos níveis de danos ao longo de um período prolongado de tempo.

Ferramentas de modelagem, como pranchas de ondulação ou alisamento, operam em temperaturas muito mais altas. A forma natural do cabelo pode ser alterada pelo realinhamento temporário das ligações de hidrogênio presentes no córtex. Essa prática de modelagem geralmente é realizada em cabelos secos e pode causar altos níveis de danos após apenas algumas vezes, que podem se acumular com a exposição repetida a temperaturas tão altas.

- A fissuração vertical ou longitudinal ocorre devido à rápida contração da camada externa da cutícula durante os processos de secagem. Isso pode enfraquecer gradualmente as fibras capilares, deixando-as mais suscetíveis a mais danos e quebras causadas por outros meios, como práticas de higiene [Imagem 5].

- Crateras e protuberâncias são causadas pela rápida vaporização da água em vapor durante os processos de modelagem térmica, onde a água dentro da fibra capilar é rapidamente puxada para a superfície, sem poder escapar, fazendo com que a cutícula fique saliente [Imagem 6].

- O levantamento ou decimentação da cutícula também pode ocorrer com o alongamento repetido das fibras capilares durante essas práticas de modelagem, o que produz tensões de compressão radial e circunferencial. As cutículas levantadas são então expostas a mais danos de práticas adicionais de limpeza [Imagem 7].
 imagens de microscópio de danos térmicos ao cabelo

Danos químicos

Os tratamentos químicos que alteram a forma ou a cor natural do cabelo, como ondulação permanente, relaxantes, descoloração ou coloração, podem enfraquecer e perturbar a estrutura interna do cabelo. Cada um envolve processos prejudiciais onde as cutículas do cabelo são levantadas para permitir que os tratamentos penetrem na fibra capilar e influenciem as ligações estruturais dentro do córtex, alterando assim a forma ou a cor dos cabelos, temporária ou permanentemente:

- As cutículas precisam ser levantadas para permitir que os tratamentos químicos penetrem na fibra capilar para alterar as ligações presentes no córtex, por isso é inevitável que ocorram danos às cutículas. As cutículas são fechadas ao final do tratamento químico, mas nem todas ficam planas novamente, levando ao levantamento da cutícula [Imagem 8]. Isso, por sua vez, deixa as cutículas mais vulneráveis a danos adicionais, como a abrasão da cutícula [Imagem 9] ou a remoção e corrosão das cutículas [Imagem 10].

- Danos também ocorrem dentro do córtex, que é enfraquecido devido à quebra e reformação de vínculos. Nem todas as ligações podem se formar novamente, deixando o cabelo mais fraco, mais quebradiço e propenso à quebra [Imagem 11].
  imagens de microscópio de danos químicos capilares
 

Como reconhecer o tipo de dano em nosso cabelo?

Agora entendemos como a estrutura do cabelo pode ser modificada como resultado de danos. Existem muitos sinais que nos dizem que nosso cabelo não está mais em seu estado natural e saudável e indicam que ocorreu algum dano. As dicas visuais podem incluir frizz, fios rebeldes, pontas duplas visíveis e cabelos opacos sem brilho. Há também dicas táteis que incluem cabelos secos com sensação áspera ou como palha, cabelos emaranhados e cabelos fracos e quebradiços. Como agora somos capazes de identificar sinais de danos ao nosso cabelo, a capacidade de preservar, manipular e reparar sua estrutura com soluções personalizadas é essencial para oferecer benefícios perceptíveis ao consumidor.

Uma vez ocorrido o dano, pode ser difícil repará-lo. A maneira mais fácil de manter o cabelo saudável é evitar o desenvolvimento de danos e fricção excessiva nas fibras capilares em primeiro lugar. A lubrificação fornecida pelos tratamentos de condicionamento pode conseguir isso. Produtos que podem ajudar a selar e suavizar as cutículas danificadas também podem ajudar a reparar temporariamente o cabelo e restaurar uma aparência saudável. Existem muitos produtos no mercado que podem oferecer esse benefício, cada um em formatos diferentes, projetados especificamente para fornecer o nível desejado de condicionamento com base no tipo de cabelo e na necessidade. Eles variam de condicionadores tradicionais com enxágue, aplicados após a lavagem, a condicionadores sem enxágue para desembaraçar e máscaras de tratamento para condicionamento intenso. Muitos também podem incluir ingredientes adicionais para oferecer benefícios multifuncionais, como reparação de danos e prevenção do desbotamento da cor do cabelo, mas cada um tem a mesma função principal: suavizar e proteger a fibra capilar, proporcionando lubricidade para manter a maleabilidade.

Então, como a Croda pode ajudar a manter nosso cabelo em boas condições? Vejamos algumas dicas importantes:

Proteja o cabelo dos danos

Proteger o cabelo que já está comprometido de mais danos é fundamental para manter as condições para cabelos saudáveis. Os produtos de condicionamento que contêm ingredientes projetados para depositar e permanecer na superfície do cabelo podem fornecer a lubricidade necessária às fibras capilares e evitar o atrito excessivo que pode levar a danos progressivos à superfície.

Crodazoquat MCC é um agente condicionador eficaz em uma variedade de diversos tipos de cabelo, de lisos a crespos, proporcionando impressionantes benefícios de desembaraçar e condicionar. Este ingrediente também pode ajudar a melhorar a aparência e a sensação das madeixas, ajudando o cabelo ter aparência e sensação mais saudáveis. 

Repare sinais de danos

O cabelo danificado não pode ser reparado permanentemente, mas os sintomas que levam a uma condição desfavorável do cabelo podem ser tratados temporariamente para melhorar a aparência do cabelo.

Kerestore 2.0 está perfeitamente posicionado para isso. A análise proteômica foi usada para mostrar que este ingrediente contém fragmentos de peptídeos que são idênticos a partes das sequências de peptídeos encontradas em fibras de cabelo humano. Isso fornece reposição para as áreas mais danificadas do cabelo usando tecnologia biomimética.

Outra ótima solução é Crodabond™ CSA, que atua como um agente selador de cutículas. Em cabelos danificados, onde as cutículas podem ser levantadas, este ingrediente pode penetrar entre as camadas da cutícula e ajudar a selar novamente as cutículas, formando uma superfície capilar mais lisa e brilhante para evitar danos futuros.

Fortaleça o cabelo enfraquecido por danos

O cabelo enfraquecido por danos é mais propenso à quebra, portanto, é essencial fortalecer o cabelo e restaurar sua integridade.

KeraMatch V é uma alternativa vegana adequada à queratina de origem animal e foi especificamente projetada para imitar a composição de aminoácidos da queratina usando fontes de proteína à base de plantas. Este ingrediente melhora algumas das propriedades de tração dos cabelos danificados e frágeis, e as avaliações sensoriais mostraram que a condição geral dos cabelos danificados pode ser significativamente melhorada.

Regule a umidade do cabelo

A regulação da umidade também é importante para evitar mais danos ao cabelo e garantir a manutenção da maleabilidade. Os níveis de umidade no cabelo podem influenciar suas propriedades visuais e táteis, com altos níveis de umidade deixando o cabelo mais propenso ao frizz e baixos níveis de umidade deixando o cabelo mais quebradiço e propenso à quebra.

Hydrosativum P é uma proteína hidrolisada proveniente de ervilhas, conhecida como uma fonte de proteína superalimento com poderosas propriedades hidratantes. Este ingrediente é capaz de fornecer hidratação eficaz à pele e ao cabelo, o que significa que é capaz de reter a umidade em baixas umidades e em climas secos, ajudando a manter a umidade dentro do cabelo em um nível ideal.

 

Publicado

  • Danielle Jamieson Marketing Coordinator

Infográfico de fortalecimento capilar

imagem em miniatura de infográfico de fortalecimento de cabelo
1,9 MB
Moça penteando o cabelo molhado com ajuda do condicionador para manter o brilho e a vibrância usando os ingredientes da Croda para todos os tipos de cabelo e etnias com benefícios de condicionamento, proteção solar, anti-idade, anti-frizz, retenção de cachos e manutenção da cor.

Condicionadores

Descubra a nossa ampla gama de agentes condicionadores multifuncionais adequados para todos os tipos e condições de cabelo, oferecendo soluções personalizadas para o cuidado do cabelo.

Conheça mais soluções

Na Croda, oferecemos uma ampla variedade de ingredientes condicionadores multifuncionais que podem ser utilizados em diversos formatos de produtos. Para validar seu desempenho, temos uma rede global de equipes de comprovação de declarações que realizam diversos testes para validar os benefícios de nossos ingredientes. Para ajudar a validar as declarações de condicionamento, podemos realizar um teste de pentear e medir a força necessária para pentear uma mecha de cabelo antes e depois do tratamento, para que possamos quantificar o nível de condicionamento entregue à mecha de cabelo. No vídeo abaixo, nossa equipe de cuidados com os cabelos no Brasil se aprofunda nesse teste e explica mais.

Dentro do laboratório: foco no teste de penteabilidade para condicionamento capilar

Localizador de produtos

Quer saber mais sobre condicionamento?